João Lobo Antunes

“Contudo, não é a missão da escola fazer os alunos felizes. A felicidade é uma construção pessoal, uma procura sem fim ou limite, para a qual a escola deve fornecer o equipamento cognitivo e dar músculo às qualidades indispensáveis à jornada. Por isso afirmo que a «escola fácil» não cumpre a missão de vos preparar para a vida difícil.”

pag. 134; Numa Cidade Feliz (Crónica “Elogia da dificuldade”)

Esta entrada foi publicada em Livros, Pessoas. ligação permanente.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s