“Portugal não tem petróleo, nem gás nem carvão, mas lidera nas energias renováveis

Albert Plesman desenvolveu um sistema que controla parques eólicos à distância e acabou de ser distinguido com um prémio no congresso Renewable Energy World. A trabalhar, desde 2004, em Portugal com o objectivo de colocar o nosso país na corrida internacional no que respeita às energias renováveis, o investigador garante que Portugal é já um dos líderes e a exportar conhecimento nesta matéria.  “Como Portugal não tem petróleo, nem gás nem carvão, apostou muito cedo nas energias renováveis. E a boa notícia é que se transformou num líder nesta área”, afirma.

SAPO: Acabou de receber um prémio de inovação na área das energias renováveis no congresso Renewable Energy World, nos Estados Unidos. Qual foi o trabalho que apresentou?

Albert Plesman (A.P): Ganhámos o prémio para o sistema de monitorização e controlo que foi implementado nas instalações da EDP Renováveis em Houston, nos Estados Unidos.  O projecto que foi premiado é a plataforma de gestão em tempo real dos parques eólicos da Horizon, subsidiária da EDP Renováveis, nos Estados Unidos da América. Desenvolvida pela Logica Iberia, com base no sistema RMS (Renewables Management System), controla 11 parques eólicos com mais de 800 aerogeradores e uma capacidade instalada superior a 1.500MW, o que corresponde ao consumo anual médio de, aproximadamente, 1 milhão de habitações.

SAPO: Com o projecto WEMS – Wind Energy Management system –  a Logica desenvolveu um sistema de gestão de energia que dá para controlar vários parques eólicos?

A.P: Exactamente. O sistema serve para monitorizar e controlar em tempo real um portefolio de parques eólicos independente da localização ou tipo dos mesmos.  A vantagem é que, num centro de controlo, é possível controlar a operação dos parques num único sistema. Antigamente era sempre necessário entrar num sistema específico do fabricante X ou Y, mas agora está tudo centralizado num único sistema: a produção de energia por turbina, a velocidade do vento, a velocidade com que rodam as pás, as várias velocidades e temperaturas do gerador entre outros dados.

SAPO: Portanto, conseguem detectar avarias e verificar o desempenho das turbinas?

A.P: Exactamente. E, por vezes, conseguimos indicar como resolver a avaria remotamente. Conseguimos também verificar a performance daquele parque eólico e fazer benchmark.

SAPO: A energia eólica conseguirá ser mais económica… Será realmente a energia do futuro?

A.P: Não acredito que nascerá uma solução que aniquile todas as outras. Na minha opinião, a energia eólica terá um contributo muito importante como uma das principais fontes de energia.

SAPO: Mas não é uma energia mais barata?

A.P: Em Portugal, a energia eólica ajudará a reduzir o défice externo e criará emprego, além de que iremos exportar conhecimento nesta área, aliás já o estamos a fazer.

SAPO: Onde é que o sistema agora premiado já está operacional?

A.P: O sistema já está implementado e em operação em centros de despacho no Porto, Oviedo e Houston.

SAPO: Quantos anos de investigação implicou este projecto e qual o montante de investimento?

A.P: Desde 2006 que estamos a desenvolver este projecto. A Logica investiu mais de um milhão de euros, mas é um projecto que custa mais de dez milhões de euros.

SAPO: Qual a importância para Portugal deste prémio?

A.P: É muito importante para nos posicionarmos no mercado internacional das energias renováveis.  O prémio ajuda a promover a nossa capacidade de entregar sistemas e serviços técnicos internacionalmente e a partir de Portugal.  Com a experiência já adquirida ao longo dos anos e agora com a Logica a criar estes sistemas de controlo, acredito na oportunidade de fornecer estes serviços internacionalmente.

SAPO: E para si?

A.P: É um reconhecimento internacional da capacidade portuguesa na área de energias renováveis. Como Portugal não tem petróleo, nem gás nem carvão, apostou muito cedo nas energias renováveis. E a boa notícia é que se transformou num líder nesta área.

SAPO: Mencionou que a partir de Portugal se gerem vários parques eólicos. Como está o nosso país nesta matéria?

A.P: O sistema da Logica está a ser implementado na EDP Renováveis e a EDP Renováveis é o terceiro maior produtor de energia eólica a nível mundial.  Por enquanto, no sistema há mais de 100 parques eólicos em Portugal e Espanha. Há ainda umas dúzias de parques em França, Bélgica, Polónia, Roménia, Brasil e Estados Unidos.

SAPO: E quantos existem em Portugal?

A.P: Cerca de 200 parques eólicos dos quais parte significativa são da EDP Renováveis.

SAPO: Quanta energia eólica produzimos em Portugal e qual a percentagem face a outro tipo de energia?

A.P: Em Portugal é gerido cerca de 9 GWh de energia eólica que representa 17 % do consumo anual, ou seja em cada hora de consumo 10 minutos resultam de produção eólica.

SAPO: Quais as melhores zonas para produzir esta energia?

A.P: As melhoras zonas são as terras altas no norte e no centro do país. No norte da Europa estão também a ser construídos parques eólicas no mar onde o mar é de pouca profundidade. É um desenvolvimento muito interessante para o futuro. 

SAPO: Qual será o seu próximo passo?

A.P: Espero que o meu futuro passe pela promoção de tecnologia e capacidade de colocar Portugal na corrida internacional nesta área. Acredito que estamos no momento certo de internacionalização do nosso sistema e que podemos fornecer um serviço competitivo e de qualidade a partir de Portugal.
 
Caixa
A Logica é uma empresa de serviços de Tecnologia e Gestão, com 39.000 colaboradores, dos quais 1200 em Portugal. Presta serviços de consultoria de gestão, integração de sistemas e outsourcing para clientes em todo o mundo, incluindo muitas das maiores empresas europeias.

http://noticias.sapo.pt/info/artigo/1162546.html

Advertisements
Esta entrada foi publicada em Ambiente, Links. ligação permanente.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s